"Tudo o que precisamos são 20 segundos de coragem insana"

Benjamin Mee

Busca no Planeta Maebee:

Usuário:
Senha:

IP do cliente:
54.91.171.137
 



POSTs mais antigos:

Junho de 2016
Julho de 2015
Junho de 2015
Maio de 2015
Abril de 2015
Março de 2015
Fevereiro de 2015
Janeiro de 2015
Dezembro de 2014
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014
Dezembro de 2013
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
Junho de 2013
Maio de 2013
Abril de 2013
Março de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013
Dezembro de 2012
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Março de 2012
Janeiro de 2012
Dezembro de 2011
Novembro de 2011
Outubro de 2011
Setembro de 2011
Agosto de 2011
Junho de 2011
Maio de 2011
Fevereiro de 2011
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009
Setembro de 2008
Julho de 2007
Junho de 2007
Maio de 2007
Abril de 2007
Março de 2007
Fevereiro de 2007
Janeiro de 2007
Dezembro de 2006
Novembro de 2006
Outubro de 2006
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006



26 de Março de 2015

A vida TEM de ser uma coleção de momentos únicos...

Jogadoras da Seleção do Brasil posam para fotro na cidade de Barcelos, em outubro de 2002.


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





25 de Março de 2015

Che e a farsa do comunismo
Quando eu tinha 14 anos, em 1964, achava Guevara o máximo: cabeludo, revoltado contra as injustiças do mundo, rebelde, parecido com os Beatles. Nos anos 60 o comunismo entusiasmava a juventude e os intelectuais terceiro-mundistas. Amadureci, e hoje aquele homem é, para mim, o que sempre foi: médico que não exerceu a medicina, pai que abandonou a família, homicida em série que matava pessoalmente, dono de um imenso e incontrolado ego, o qual só se satisfazia matando, mandando, comandando e determinando o que as pessoas tinham que fazer, pensar, ler, estudar, comer e vestir; nunca um comunista foi um bom pai, bom empregado, bom comerciante, comerciário, industrial, industriário, médico, lojista ou bom qualquer coisa mais.
A URSS implodiu há mais de 20 anos, mas os comunistas do 3º mundo ainda não aceitaram isso.
Povo nenhum, em época nenhuma, jamais quis o comunismo. Foi sempre uma minoria de desajustados, sindicalistas que nunca trabalharam, professores que não aprenderam com a experiência alheia, além de filósofos do absurdo, todos porque não amadureceram, que puseram em prática a "ditadura do proletariado" em seus países. Acabaram com todas as classes sociais e criaram duas: eles, os dirigentes, e "as massas", os obedientes, mortos-vivos sem personalidade, sem iniciativa, sem senso crítico, sem capacidade de indignar-se com mais nada - o "novo homem" comunista.
O que todos eles deveriam fazer, a uma simples análise da atual conjuntura do mundo, ou simplesmente comparando as duas Coreias, a do norte e a do sul, seria declarar que estavam errados e pedir desculpas ao povo - logo após isso, fazer os que as pessoas comuns fazem para "melhorar a vida das pessoas": trabalhar; porque todas as pessoas normais querem os produtos do capitalismo -bens e serviços, liberdade de ir e vir, comprar, vender, criar e decidir o que vão fazer da vida. Mas... Isso nunca vai acontecer. Por quê?
Porque um comunista jamais vai aceitar que errou e porque ele jamais vai resistir a 8 horas diárias de trabalho duro, rotineiro, árduo e contínuo, por 10, 20 ou 35 anos, em uma profissão normal. Simplesmente por isso. Ele já incorporou a convicção de que nasceu para mandar, matar e decidir o que o povo tem que fazer, pensar, vestir, comer, assistir ou ler para ser feliz aqui na terra.
RESUMO: Repetindo citação encontrada na web: "Quando as pessoas começarem a sair dos Estados Unidos a nado, em boias ou jangadas improvisadas, enfrentando o Mar do Caribe, com seus furacões e tubarões, com destino a Cuba, fugindo do "capitalismo selvagem e opressor", avisem-me, porque então terá ocorrido somente UMA hipótese: Os Estados Unidos viraram comunistas e Cuba virou capitalista.

Texto de Dante Ignacchitti (Usina de Letras)


Exibir outros POSTs com o tema de: opinião





16 de Março de 2015

Acabou a manifestação. Vimos alguns mais exagerados e outros com mais cultura.
Digo por mim: EU estive nas ruas contra a corrupção e, principalmente, contra o aparelhamento do estado para a sustentação do plano de poder de um partido.
Sobre o impeachment, acho um exagero: o processo democrático tem de ser respeitado (Infelizmente, neste caso). Mas também faz parte do processo democrático levar para a cadeia TODOS os líderes do partido da estrelinha que, desde que chegaram ao poder, usam, sistematicamente, a máquina pública em prol de seus próprios interesses.
Concordo com a reforma política, mas não no sentido que o PT quer. O Brasil não é a Bolívia ou a Venezuela.
Cego é quem não vê.
Mas confesso que fiquei surpreso ao ver que, mesmo assim, os Chapolins Colorados tentam diminuir o que aconteceu ontem nas ruas, usando todos o mesmo discurso decorado. Termos como "Coxinhas", "Elite Branca", "Camiseta da CBF", "Terraço Gourmet", expressam bem isso. Eles também me explicaram que:

1- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque não sou pobre, negro, ou membro de outra minoria menos favorecida.
2- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque eu moro num apartamento com varanda gourmet.
3- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque vou ao trabalho com um carro elitista opressor e não uso os transporte público frequentemente.
4- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque sou contra a implementação desordenada das ciclovias.
5- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque eu sou sempre manipulado pela Globo, Folha de São Paulo, Estadão, e outros meios de comunicação de massa.
6- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque insisto em me travestir de verde amarelo em manifestações pelo país, quando o certo seria vermelho e branco.
7- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque não sigo sites de prestígio duvidoso: conversaafiada, tijolaço ou brasil247.
8- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque eu insisto em usar presidente, no lugar de presidentA.
9- Minha opinião não vale porra nenhuma, porque eu não votei na Dilma no segundo turno.
10- Minha opinião não vale porra nenhuma, mesmo sendo compartilhada por milhões de pessoas neste Brasil, dos quais mais de um milhão esteve ontem nas ruas da minha cidade.

Mesmo assim, registro aqui minha opinião: Não deixe que suas ideologias ceguem sua inteligência.
Eu não quero viver em outro país. Eu quero viver em outro Brasil.
#MudaBrasil

Uma pesquisa do Datafolha apurou que mais de 60% dos participantes da CUT no protesto pró-corrupção acham que Dilma sabia da corrupção na Petrobrás. Talvez sem levar em consideração que muitos não faziam a menor idéia do que estavam fazendo ali.


Exibir outros POSTs com o tema de: ficção ou fantasia





15 de Março de 2015

O burguês da varanda gourmet veio pra rua! De verde amarelo, Brasil, não com as cores daquela escola de samba... Hoje é o dia da manifestação do trabalhador que trabalha! #ForaBandidos #vemprarua


Enquanto sexta-feira os "trabalhadores" receberam para passear pela paulista, fazendo barulho e atrapalhando o trânsito, a burguesia estava nos escritórios, brincando de ganhar dinheiro. Hoje, dia de descanso, a burguesia vestida de verde e amarelo, as cores do Brasil, foi pras ruas defender o seu país. #eufuidegraça #foracorrupção

15 de março de 2015. Dia da Democracia.


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





13 de Março de 2015

ESQUERDA CAVIAR E O PAIS DE MERDA
Liderado pela esquerda caviar, o Brasil está se tornando um país de merda.
Também pudera. Quando o mau exemplo vem de cima, o povo acostuma a ser malandro. Afinal, se eles tão roubando lá, porque eu não posso tentar me dar bem por aqui?
Andar na linha, fazer o que é certo quando ninguém está olhando, é uma tarefa que consome bastante energia. Por isso, é fácil me pegar nervosinho com os pequenos crimes do dia a dia.
Tirar carteirinha de estudante falsa pra pagar meia no cinema; Furar fila, colar na prova; Comprar produto falsificado; Ficar parado na junção de pista enquanto os espertinhos passam à frente pelo acostamento, é testar os nervos.
Daí vem a esquerda caviar, aquela que prega que é tudo pelo povo, mas não vê a hora de pegar algum pra si, me dizer que sou o protestante da varanda gourmet.
Porque para eles, estar contra a situação do país, é ser inimigo. E, pra mim, inimigo é muito diferente de adversário.
Assisti transtornado o uso do bolsa manifestação hoje. Até porque, ir pra rua defender o PT, precisa ser remunerado.
O difícil pra esquerda caviar, é perceber que seus ídolos da juventude não passam de bandidos. Erro vosso. Bandidos sempre foram: sequestraram, assaltaram e mataram durante o período de "repressão". Qual a diferença deles, à época, para os bandidos hoje do PCC?
Na manifestação de hoje, viu-se uma mancha vermelha. Onde estavam as cores do Brasil? É evidente o plano de perpetuação do poder.
Ainda assim a esquerda caviar defende política como quem defende futebol. Cegos, diante de tudo que está acontecendo.
Lamentável ver a presidente pedindo perdão ao traficante na Indonésia. Mais triste ainda ver que abrigamos um assassino Battisti como se matar fosse a coisa mais normal do mundo.
É alarmante ver o exército do MST sendo assessorado e armado com táticas de guerrilha pelos bandidos da Venezuela, do ditador Maduro (GRAVE: Veja vídeo aqui).
Ainda esta semana, houve morte na manifestação do MST na BR101, quando um acidente provocado pelo fechamento da pista matou queimado uma família.
O dólar vai às alturas enquanto o CPI da Petrobrás os ladrões usam a maior cara de pau pra negar, ou contar, como faziam seus esquemas milionários.
O juiz do caso Eike usa os bens apreendidos, rouba o dinheiro e posa de santo.
CHEGA.
Eu que não estou com a saúde em dia para comparecer no domingo, já cogito seriamente em estar lá. Porque a esquerda protesta durante a semana, e a direita protesta de domingo, porque, durante a semana, está trabalhando.
Precisamos abandonar o estereótipo de que o brasileiro é um pilantra na essência.
O país precisa ser reiniciado. Quem sabe ainda não podemos salvar tudo isso?


Todo mundo que a gente encontra na vida, está enfrentando uma batalha que vocé náo sabe nada a respeito. Seja gentil com todo mundo, sempre!


Exibir outros POSTs com o tema de: opinião


 




 
Marcelo Martins de Albuquerque - ©1997-2014 Todos os direitos Reservados