"Tudo o que precisamos são 20 segundos de coragem insana"

Benjamin Mee

Busca no Planeta Maebee:

Usuário:
Senha:

IP do cliente:
54.91.171.137
 



POSTs mais antigos:

Junho de 2016
Julho de 2015
Junho de 2015
Maio de 2015
Abril de 2015
Março de 2015
Fevereiro de 2015
Janeiro de 2015
Dezembro de 2014
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014
Dezembro de 2013
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
Junho de 2013
Maio de 2013
Abril de 2013
Março de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013
Dezembro de 2012
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Março de 2012
Janeiro de 2012
Dezembro de 2011
Novembro de 2011
Outubro de 2011
Setembro de 2011
Agosto de 2011
Junho de 2011
Maio de 2011
Fevereiro de 2011
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009
Setembro de 2008
Julho de 2007
Junho de 2007
Maio de 2007
Abril de 2007
Março de 2007
Fevereiro de 2007
Janeiro de 2007
Dezembro de 2006
Novembro de 2006
Outubro de 2006
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006



30 de Junho de 2009

Zeca Baleiro - Telegrama
Eu tava triste / Tristinho! / Mais sem graça / Que a top-model magrela / Na passarela / Eu tava só / Sozinho! / Mais solitário / Que um paulistano / Que um canastrão / Na hora que cai o pano / Tava mais bôbo / Que banda de rock / Que um palhaço / Do circo Vostok... / Mas ontem / Eu recebi um Telegrama / Era você de Aracaju / Ou do Alabama / Dizendo: / Nêgo sinta-se feliz / Porque no mundo / Tem alguém que diz: / Que muito te ama! / Que tanto te ama! / Que muito muito te ama, / que tanto te ama! / Por isso hoje eu acordei / Com uma vontade danada / De mandar flores ao delegado / De bater na porta do vizinho / E desejar bom dia / De beijar o português / Da padaria / (...) / Mama! Oh Mama! Oh Mama! / Quero ser seu! / (...) / Me dê a mão vamos sair / Prá ver o sol!

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





29 de Junho de 2009

Na vida não existe coincidência, existe sincronicidade (Sincronicidade é um conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung para definir acontecimentos que se relacionam não por relação causal e sim por relação de significado. A sincronicidade é também referida por Jung de "coincidência significativa".)
Quando fazemos a nossa parte e jogamos para o universo o que queremos, o Universo se incumbe de fazer com que as coisas aconteçam (só não podemos ficar com a bunda na cadeira esperando que despenque do céu...)

As pessoas mais felizes não são as que têm o melhor de tudo. Mas simplesmente as que fazem o melhor de tudo que têm!


Exibir outros POSTs com o tema de: educação moral e civismo





28 de Junho de 2009

Pato Fu - Canção Pra Você Viver Mais
Nunca pensei um dia chegar / E te ouvir dizer: / Não é por mal / Mas vou te fazer chorar / Hoje vou te fazer chorar / Não tenho muito tempo / Tenho medo de ser um só / Tenho medo de ser só um / Alguém pra se lembrar / (...) / Faz um tempo eu quis / Fazer uma canção / Pra você viver mais / Faz um tempo que eu quis / (...) / Deixei que tudo desaparecesse / E perto do fim / Não pude mais encontrar / O amor ainda estava lá...

Se você sentir um vazio dentro de si... vai almoçar. É fome!


Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





27 de Junho de 2009

Um grupo de jovens formados e bem estabelecidos em suas carreiras, estavam conversando sobre suas vidas num reencontro com um professor do tempo de faculdade, agora aposentado, e que fora sempre uma inspiração para eles. O bate-papo se transformou em reclamação sobre o estresse em seus trabalhos, vidas e relacionamentos.
Ao oferecer chocolate quente a seus visitantes, o professor foi na cozinha e retornou com uma jarra cheia da bebida e com uma variedade grande de canecos. Alguns deles eram de porcelana, outros de vidro, outros de cristal... uns simples, outros bem caros e bonitos, e outros bem feios. Então ele convidou cada um a se servir da bebida.
Quando todos eles já estavam com o chocolate quente em mãos, o professor compartilhou seu pensamento...
- Percebam que todos os canecos caros e bonitos foram os escolhidos, e que os simples e baratos foram deixados na mesa. Embora vocês achem normal desejarem somente os melhores para si, é aí que está a fonte de seus problemas e estresse.
O caneco no qual você está bebendo, não acrescenta nada à qualidade da bebida. Na maioria das vezes, ele é apenas mais caro. Às vezes, ele até esconde o que estamos bebendo. O que cada um de vocês queria, na verdade, era o chocolate quente. Vocês não queriam o caneco... mas vocês conscientemente escolheram os melhores.
A vida é como o chocolate quente... E seu emprego, seu dinheiro, e sua posição na sociedade são os canecos. Eles são apenas as ferramentas que fazem parte da vida e não definem nem mudam a qualidade de vida que vocês vivem.
Às vezes, ao concentrarmos somente no caneco, deixamos de saborear o chocolate quente que Deus tem nos ofertado. Lembrem-se sempre disto...


Os mais ricos não são os que têm mais, mas os que precisam de menos.


Exibir outros POSTs com o tema de: educação moral e civismo





25 de Junho de 2009

Quando a gente era menor, de idade, não de tamanho, a turma do último ano da faculdade era ótima. Dentre as meninas lindas (sim, elas existem na Engenharia), tinha lá a Fabi, paixão do meu amigo Cléber.
E no dia-a-dia, o Cléber se declarava pra Fabi, que o ignorava sem dó. E, querendo ou não, isso mantia a turma junta, porque cada um mantinha sua individualidade...
Eu mesmo às vezes dava uma força: "Ah Fabi, dá uma chance pra ele". E ela retrucava: "Nunca. ele não faz o meu tipo!". Por vezes até ela mesmo cedia, dava-lhe um selinho ou um abraço mais carinhoso.
E então, perto do fim do ano, num dia qualquer, fui com a Fabi na Praça da Árvore, na loja de roupas da irmã do Cléber, encontrar com ele já nem sei o motivo.
Era natal, me lembro bem, porque justo nesse dia passou na rua o caminhão da Coca-Cola, com o Papai Noel distribuindo brindes! E nós, moleques de tudo, saímos correndo pra pegar uns souvenirs. E no meio do cooper descompassado a Fabi me disse:
- Queria te contar uma coisa, mas tem de ser segredo.
- Pode confiar em mim - respondi sem pestanejar.
- Eu o Cléber estamos namorando há muito tempo.
E ela continuou correndo atrás do caminhão. Eu não. Fiquei ali parado, estático. Primeiro pensei em quantos abraços mais fortes lhe dei ou quantas piadas sem graça lhe fiz - coisas que teria facilmente evitado se soubesse que eles estavam juntos.
Depois, comecei a me achar um idiota, ali mesmo parado na rua. Sem saber como, mas eles conseguiram me enganar por tanto tempo...
Querendo ou não, depois ela me explicou o óbvio. A estranha decisão deles manterem as coisas em segredo, foi super importante pra que nos tornássemos os amigos que fomos.
No fim das contas percebo, hoje, que aquele meu sentimento todo era orgulho, deles, porque, até hoje, eles fizeram uma coisa que talvez eu nunca fosse capaz de fazer.
Eles se casaram no ano passado e eu estive lá pra prestigiar. Ano que vem vai fazer exatamente dez anos que isso tudo aconteceu. E em dez anos, outras tantas coisas aconteceram em nossas vidas que temos ficado um pouco longe.
Longe da parte física, pois constantemente me pego pensando nesse tempo maravilhoso.
E então, nunca é tarde pra dizer que os amo. Assim, exatamente como estou fazendo agora.

Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





23 de Junho de 2009

Toda escolha implica em perdas.
Algumas delas, materiais e mundanas. Outras não, pessoais e sentimentais.
Se você está trabalhando, pode ter escolhido o lugar mais longe pra ganhar mais. Ou pode ter escolhido um lugar mais perto que ganhe menos. Pois são duas situações distintas, cada qual com as suas vantagens e desvantagens. Ou mais tempo livre e menos dinheiro, ou mais dinheiro por mais tempo preso no trânsito.
Ah sim, claro, você pode ter feito uma boa escolha e escolhido um lugar mais perto que pague bem mais, mas certamente você estará perdendo alguma coisa: seja a companhia daquele seu amigo carona, que rendia altos papos, seja pelo cargo bacana que você tinha na outra empresa, mesmo que ganhando bem menos.
E assim é a vida: feita de escolhas, o tempo todo. Agora mesmo que você escolheu estar lendo este POST, pode estar perdendo a promoção relâmpago daquele ingresso do cinema que você estava tão afim de ir.
Então, o segredo da vida é só uma questão de escolha e estamos fazendo isso o tempo todo. Se pensarmos bem, você é apenas uma calculadora gigante, medindo as potencialidades de tudo a cada instante. A cada escolha, você faz mentalmente um balanço do que vai ganhar e vai perder, tira a média, e vê o que é mais vantajoso.
Mas nessa matemática, cada um tem a sua própria margem média e prioridades, então as decisões pesam muito mais pra uns do que pra outros. Eu mesmo conheço um cara que deixaria a mulher da sua vida ir embora se ela não torcer pra o time certo, porque, pra ele, esse item tem um peso muito maior. E quem pode dizer que ele está errado?
Dentre acertos e erros, só não vale deixar-se influenciar pelo que está em volta, porque isso deve ter um peso muito menor. Magoar algumas pessoas pode fazer parte do processo de viver, desde que você não tenha a real intenção de fazê-lo.
Afinal, na sua vida, o mais importante é você mesmo, e o que as suas escolhas vão influenciar de bom ou de ruim.
No fim das contas, a única coisa que você precisa perguntar a si mesmo, o tempo todo, vai ser a resposta de como ser feliz: "Vale a pena"?

Exibir outros POSTs com o tema de: educação moral e civismo





22 de Junho de 2009

Miley Cyrus - Goodbye
I can honestly say you've been on my mind / Since I woke up today, up today / I look at your photograph all the time / These memories come back to life / And I don't mind I remember when we kissed / I still feel it on my lips / The time you danced with me / With no music playing / I remember the simple things / I remember until I cry / The one thing I wish I'd forget / The memory I wanna forget / Is goodbye / I woke up this morning / And played our song / And through my tears I sing along / I picked up the phone and then put it down / Cause I know I'm wasting my time / And I don't mind / (...) / Suddenly my cell phone's blowing up / With your ring-tone / I hesitate but answer it anyway / You sound so alone / I'm surprise to hear you say / You remember when we kissed / You still feel it on your lips / The time that you danced with me / With no music playing / You remember the simple things / We talked until we cried / You said that your biggest regret / The one thing you wish I'd forget / Is saying goodbye / Saying goodbye / Goodbye

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





19 de Junho de 2009

Titãs - Prá Dizer Adeus
Você apareceu do nada / E você mexeu demais comigo / Não quero ser só mais um amigo / Você nunca me viu sozinho / E você nunca me ouviu chorar / Não dá prá imaginar quando / É cedo ou tarde demais / Prá dizer adeus / Prá dizer jamais / Às vezes fico assim pensando / Essa distância é tão ruim / Porque você não vem prá mim? / Eu já fiquei tão mal sozinho / Eu já tentei, eu quis chamar / Não dá prá imaginar quando / É cedo ou tarde demais...

O mundo é das mulheres...


Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





18 de Junho de 2009

Tom Jobim e Vinicius de Moraes - Eu não existo sem você
Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim / Que nada nesse mundo levará você de mim / Eu sei e você sabe que a distância não existe / Que todo grande amor / Só é bem grande se for triste / Por isso, meu amor / Não tenha medo de sofrer / Que todos os caminhos me encaminham pra você / Assim como o oceano / Só é belo com luar / Assim como a canção / Só tem razão se se cantar / Assim como uma nuvem / Só acontece se chover / Assim como o poeta / Só é grande se sofrer / Assim como viver / Sem ter amor não é viver / Não há você sem mim / E eu não existo sem você

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





17 de Junho de 2009

O hóquei é um esporte fantástico. Eu mesmo, embora bastante acostumado não consigo ficar muito longe dele.
Já vivi momentos fantásticos como atleta, dirigente e treinador, alguns deles muito felizes e outros bastante doloridos. E, entre choros e risos, tiveram os que misturaram os dois.
Sempre ouvi dizer que as emoções eram muito mais difícies de controlar quando se está fora da pista. E, verdade, neste dois casos que vou contar, eu sequer estava de patins, pois eram partidas de Hóquei Feminino.
Em 2004, quando a Seleção de do Brasil foi para o Mundial da Alemanha, a preparação foi péssima. Não houve tempo de treino, e algumas jogadoras só se conheceram no aeroporto, até porque existia mesmo dúvida se iríamos ou não.
E mesmo assim fizemos um campeonato ótimo e chegamos na semifinal, onde enfrentamos Portugal, pela segunda vez consecutiva. No jogo, difícil, chegamos ao intervalo perdendo de 2-0, resultado que parecia impossível reverter.
Mas então, obra do destino e de um acalorado bate-boca das minhas jogadoras com os torcedores portugueses, o impossível aconteceu. Cheias de brio, as meninas conseguiram o acesso à final com uma vitória histórica por 4-3.
Três anos antes, em 2001, aconteceu a Taça Mundial de Clubes, em Portugal, organizado sob a asa do forte poderio econômico da Nortecoope. Em quadra, a Portuguesa, de São Paulo, enfrentava o C.D.Nortecoope, de Portugal.
Pelo C.D.Nortecoope, minha irmã desfilava toda sua classe, e iria enfrentar, pela primeira e última vez, o esquadrão que a projetou, comandada pelo pai, num jogo que valia tudo. Criador versus criatura. Passado contra presente.
O jogo terminou 3-0 para o C.D.Nortecoope, que terminou campeão do mundo. Pat fez um dos gols que afundaram a Portuguesa e, depois de marcá-lo, chorou como se uma lança a tivesse partido ao meio. Depois desse dia, nunca mais houve hóquei feminino na Lusa.
Em ambos os casos, chorei. Chorei muito, desolado, de soluçar. Chorei como chora uma criança, sozinho, jogado num canto da bancada. Chorei tanto que, até hoje, salvo pela distância do tempo, ainda escrevo essas palavras de olhos mareados.
É aquela sensação de algo que nunca mais vai se repetir. Nunca.

Quem ama o feio, bonito lhe parece.


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





16 de Junho de 2009

Tou cansado. Exaurido na verdade. Embora tenha tido um feriado prolongado pra repouso, terminei trabalhando mais tempo do que deveria.
Já não acho mais que sou WorkAholic, pois uma voz doce já me explicou que não passo de um HardWorker. Ontem, saí à 1h30 da manhã e antes das 8h já estava de volta.
E engraçado que em meio a este desgaste físico e mental, me lembrei de algumas sensações que não vejo há muito tempo.
Qual foi a última vez que vi alguém apaixonado, assim de verdade, pelo o homem da vida? Não lembro. A última vez que alguém tinha conversado disso comigo, foi um palavreado bem mais seco: "Você não é o homem da minha vida...".
Não me lembro também do beijo roubado e da sensação de esconder isso de todo mundo. Da preocupação do flagrante do pai, do conselho das amigas. Já não lembro tanta coisa!
Dos dilemas inocentes, dos planos de conquista e do sorriso debochado em meio lábio. Da confusão de não saber pra onde ir, de chorar sem ter motivo e de querer um abraço que não se pode ter no meio da noite.
Já sei tanto que não lembro, que se um dia deparar com isso, nem sei se vou saber reconhecer. E mesmo se reconhecer, será que vou acreditar?

Há exatos 10 anos, numa disputa de penalties, o Palmeiras sagrava-se campeão da Taça Libertadores da América de 1999. Parabéns...


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





15 de Junho de 2009

Tenho andado melancólico esses dias, talvez o resultado de tudo que tenho vivido. Acho que seria injusto da minha parte dizer que estou triste, mas fiquei pensativo.
O difícil é que as coisas não saem como o planejado, somente porque, nesta vida, não temos o controle sobre todas as peças.
Se for só pra ser engraçado, nesta caminhada me tornei uma pedra irresistivel. Despertei atenção de quem não imaginava e desta forma, me tornei interessante demais pra que me deixem ir em frente fazendo o tipo rolo compresssor... atropelando tudo vem pela frente e, às vezes, machucando quem está em volta.
Na verdade eu mesmo não me entendo. Ou até quando vou tentar me enganar? Às vezes eu queria sumir, outras, só me entregar. Às vezes tento dizer coisas que não me saem... e eu termino mais correndo e fugindo do que indo pra frente. Pra cumprir o que me prometi.
Talvez em outro tempo já teria aceitado o desafio, ao invés de só deixar o tempo passar. E estou falando sério. Mas tem tanta coisa envolvida... não tem como explicar.
É como se planejar ir morar um ano no Egito. E então, na última semana antes da viagem você conhece alguém mágico... E agora?
Nesta metáfora, meu Egito sou eu mesmo. Foi quando eu decidi um monte de coisas pra mim. Eu preciso desta minha vida pra ser feliz!
E nesta viagem frenética rumo ali pra frente, num momento xis eu olhei pro lado. Mas pera lá: me prometi que só olharia pra frente. Mas olhei pro lado. O meu desespero é não ter controle sobre as coisas que aparecem no caminho. É traçar o plano de um caminho reto e aparece uma flor no meio dele. Que me faz olhar pro lado...
A questão agora é saber se sou pedra o suficiente pra passar por cima da flor. Mas e se for desta vez, só desta vez, que o mundo tenha razão e que seja possível...?
Mas e aí... como fica meu Egito? Vou ver no Google Earth em qual mar vai dar esse rio...

De todas as lagrimas que chorei, de toda esperança que se esvaiu e de todo sonho que acabou, você é o meu pedido mais secreto...


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





14 de Junho de 2009

Pedro Mariano - Caminhos Cruzados (Composição: Tom Jobim e Dolores Duran)
Quando um coração que está cansado de sofrer / Encontra um coração também cansado de sofrer / É tempo de se pensar / Que o amor pode de repente chegar / Quando existe alguém que tem saudade de alguém / E este outro alguém não entender / Deixa este novo amor chegar / Mesmo que depois / Seja imprescindível chorar / Que tolo fui eu, que em vão tentei raciocinar / Nas coisas do amor que ninguém pode explicar / Vem nós dois vamos tentar / Só um novo amor / Pode a saudade apagar

Não deixe portas entreabertas. Abra ou as feche de vez. Pelos vãos, brechas e fendas passam semiventos, meias verdades e muita insensatez.


Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





12 de Junho de 2009

12 de junho, Feliz Dia do Correio Aéreo Nacional!
Esse também é o dia da independência na Rússia e das Filipinas. E o dia dos Enxadristas em São Paulo.
É também o nascimento de George H. W. Bush (1924), ex-presidente dos Estados Unidos da América, e de Anne Frank (1929), escritora holandesa que foi vítima dos nazistas.
Ah, é também o dia dos namorados, no Brasil e em ouros lugares do mundo.
Pra mim, foi só o dia de comer pão de queijo com meus queridos amigos. Todos devidamente encalhados.

E se você perder a chance de ser feliz?


Exibir outros POSTs com o tema de: histórias da vida





09 de Junho de 2009

Terminei o namoro de dois anos e meio... Não deu certo...
Não! Claro que deu! Deu certo durante dois anos e meio, só que acabou. E o bom da vida é que você pode ter vários amores. Pois pessoas não se complementam, se somam. Afinal, nós mesmos não conseguimos dar cem por cento de nós para nós mesmos. Então como cobrar cem por cento do outro?
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama. Às vezes é atenciosa, mas não é trabalhadora. Às vezes é carinhosa, mas não é fiel. Às vezes é muito bonita, mas é uma barraqueira. Tudo junto não existe. Decida o que é mais importante e aposte.
A química é importante. Pois se ela bate e o beijo é bom, se joga! Se não, mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.
Se ela não te quer mais, não force a barra. Ela tem o direito de não te querer. Não brigue, não ligue, não dê pití. Se ela está com dúvida, problema dela, cabe a você esperar... ou não. Se ela vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se realmente gostar, permanece. Nada de drama. Que graça tem ter alguém do seu lado sob pressão? O legal é alguém que está com você, só por você. E vice versa.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão que tem é a sua, seu próprio olhar, seu pensamento exclusivo. Mas mesmo assim tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia? Nascemos sós e morremos sós.
Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte! Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo. E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... Se for assim, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias. Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. E nem todo sexo é para descartar ou apaixonar.
Afinal não é fácil ser adulto. E lembre-se, acima de tudo: namoro, casamento e romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.

"Química" é um troço traiçoeiro. Quando você tem "química" com alguém, vai ter o básico papai e mamãe mais gostoso da história. Mas a falta dela vai fazer aquele sexo acrobático não ter importância nenhuma...


Exibir outros POSTs com o tema de: educação moral e civismo





08 de Junho de 2009

Pedro Mariano - Acaso
Não sei se o acaso quis brincar / Ou foi a vida que escolheu / Por ironia fez cruzar / O meu caminho com o seu / Eu nem queria mais sofrer / A agonia da paixão / Nem tinha mais o que esquecer / Vivia em paz, na solidão / Mas foi te encontrar / E o futuro chegou como um pressentimento / Meus olhos brilharam, brilharam / No escuro da emoção / Não sei se o acaso quis brincar / Ou foi a vida que escolheu / Por ironia fez cruzar / O seu caminho com o meu

Com o tempo você aprende que beijos não são contratos e presentes não são promessas.


Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





07 de Junho de 2009

Ivete Sangalo - Tá Tudo Bem
Chegou e me levou como uma onda / Mudou e conquistou meu coração / Não consigo esquecer, aquele beijo na beira do mar, não / Sem o teu calor eu fico tonta / Não consigo suportar a solidão / Sou jardim sem flor, lua sem amor, não tem graça não / Esquece o que ficou pra trás / Deixa o que passou pra lá e vem, correndo pros meus braços / Falar de amor é fácil, difícil é enganar o coração / Liga pra mim, diga que vem / Faz um carinho, sou seu neném / Fala baixinho, no meu ouvidinho, tá tudo bem, tá tudo bem / Liga pra mim, diga que vem / (...) / Chegou e me levou como uma onda / (...) / Esquece o que ficou pra trás / Deixa o que passou pra lá e vem, correndo pros meus braços / Falar de amor é fácil, difícil é enganar o coração...

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





05 de Junho de 2009

Dia 12 tá chegando. Dia dos namorados.
Já posso ver alguns dos meus amigos preocupados com o que vão dar de presente pra suas amadas, talvez do mesmo modo que eu fiz no ano passado.
Por outro lado, vejo alguns solteiros aflitos (na maioria as mulheres). Ou estão euforicamente perturbados pelo ineditismo ou já se acostumaram a ficar sozinhos.
Eu mesmo, não vou precisar dar presente pra ninguém. Confesso que ainda não parei pra pensar como vou estar me sentindo nesse dia, mas tenho de admitir que esta situação foi uma opção minha e vou ter de pagar o preço que me for cobrado.
É possível que eu termine mesmo indo na passeata dos descolados ou então numa festa mais comportada. Porque, se você pensar bem, nada muda.
Tirando a parte materialista, console-se de se ver livre da insuportável fila do motel, ou do restaurante, abarrotado de casais que só se lembram de fazer um mimo nessa data.
Então, eu desafio todos vocês: desde quando é preciso ter um dia especial pra que tudo fique em erupção? Precisa mesmo de um dia especial pra você se lembre de levar sua companheira(o) num motel bacana? Pra lhe mandar rosas ou comprar aquele presente especial que ela tava querendo...?
Aos enamorados, um recado dos solteiros, que costumam ficar mais sensíveis e observadores: todo dia é dia pra o amor. Adorooooo...

Se eu te beijar de verdade você derrete que nem picolé no Sol...


Exibir outros POSTs com o tema de: opinião





04 de Junho de 2009

Miley Cyrus - 7 Things
I probably shouldn't say this / But at times I get so scared / When I think about the previous / Relationship we shared / It was awesome but we lost it / Is not possible for me not to care / And now we're standing in the rain / But nothin's ever gonna change / Until you hear, my dear / The 7 things I hate about you, oh you / You're vain, your games, you're insecure / You love me, you like her / You make me laugh, you make me cry / I don't know which side to buy / Your friends, they are jerks / When you act like them, just know it hurts / I wanna be with the one I know / And the 7 thing I hate the most that you do / You make me love you / It's awkward and it's silent / As I wait for you to say / What I need to hear now / Your sincere apology / When you mean it, I'll believe it / If you text it, I'll delete it / Let's be clear / Oh I'm not coming back / You're taking 7 steps here / The 7 things I hate about you / You're vain, your games, you're insecure / You love me, you like her / You make me laugh, you make me cry / I don't know which side to buy / Your friends, they are jerks / And when you act like them, just know it hurts / I wanna be with the one I know / And the 7th thing I hate the most that you do / You make me love you / And compared to all the great things / That would take too long to write / I probably should mention / The 7 that I like / The 7 things I like about you / Your hair, your eyes, your old Levi's / When we kiss, I'm hypnotized / You make me laugh, you make me cry / But I guess that's both I'll have to buy / Your hand in mine / When we're intertwined everything's alright / I wanna be with the one I know / And the 7th thing I like the most that you do oh / You make me love you... /

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





03 de Junho de 2009

Nana Caymmi - Não Se Esqueça de Mim (Composição: Erasmo e Roberto Carlos)
Onde você estiver, não se esqueça de mim / Com quem você estiver não se esqueça de mim / Eu quero apenas estar no seu pensamento / Por um momento pensar que você pensa em mim / Onde você estiver, não se esqueça de mim / Mesmo que exista outro amor que te faça feliz / Se resta, em sua lembrança, um pouco do muito que eu te quis / Onde você estiver, não se esqueça de mim / Eu quero apenas estar no seu pensamento / Por um momento pensar que você pensa em mim / Onde você estiver, não se esqueça de mim / Quando você se lembrar não se esqueça que eu / Que eu não consigo apagar você da minha vida / Onde você estiver, não se esqueça de mim...

Exibir outros POSTs com o tema de: músicas





02 de Junho de 2009

Hoje me dei um tempo para pensar na vida. Na minha vida!
Decidi então que a partir do próximo amanhecer, vou mudar alguns detalhes para ser a cada novo dia, um pouquinho mais feliz.
Para começar, não vou mais olhar para trás. O que passou é passado, se errei, agora não vou conseguir corrigir. Então, para que remoer o que passou? Refletir sobre aqueles erros sim e então fazer deles um aprendizado para o meu hoje.
Nem todas as pessoas que amo, retribuem meus carinhos como eu gostaria... e daí? A partir do próximo amanhecer vou continuar a amá-las. Respeito seu modo de ser.
Mas não pense que vou desistir de meus sonhos, imagine! A partir do próximo amanhecer, vou lutar com mais garra para que eles aconteçam. Mas vai ser diferente. Eu vou ser feliz!
Não vou mais parar a minha vida porque o que desejo não acontece, porque uma mensagem não chega, porque não ouço o que gostaria de ouvir. Vou fazer meu momento...
Chega de sofrer pelo que não consigo ter, pelo que não ouço ou não leio. A partir do próximo amanhecer, só vou pensar no que tenho de bom.
Vou demonstrar meus sentimentos, bons ou não... Amor, ciúmes, raiva, carinho, afeto, amizade, compreensão. Nunca mais vou tentar ser um modelo de perfeição.
Vou continuar esperando. Não, não vou esquecer ninguém. Não vou deixar mais nenhuma pessoa especial escapar das minhas mãos só por pensar que talvez eu possa errar novamente. Vou dar uma chance para o amor. Uma chance e quantas forem necessárias.
Não existe o relacionamento que não deu certo! Deu certo sim, deu certo pelo tempo que teria que dar. Eterno enquanto durou! Por isso, a partir do próximo amanhecer, estarei amando, dando uma chance para o meu coração se completar. Me entregarei de corpo e alma sim, porque não? Não deixarei de ser eu! Mas vou reagir.
A partir do próximo amanhecer, estarei mais feliz do que hoje! Eu busco, eu posso, eu quero, eu vou... Deus, apenas te peço, ilumine meu caminho!

Embora muito mais sentimentais, por padrão, as mulheres são materialistas.


Exibir outros POSTs com o tema de: opinião





01 de Junho de 2009

No fim, todo mundo é ciumento.
Todo mundo quer tudo só pra si. Quer que o seu melhor amigo seja só o seu melhor amigo ou que seu cãozinho procure só seu colo quando chega a turma em casa.
Até as coisas mais simples como o seu filme preferido... Quantas vezes já não dissemos: "Ei, espera aí! Esse é o MEU filme preferido"!
No ciúme, alguns são mais, outros menos. Outros se irritam quando são preteridos ou até quando só imaginam que o são.
Eu mesmo já banquei o durão, mas me vi desconfortável quando pensei numa ex-namorada de mãos dadas com um novo sujeito.
Dia desses acompanhei uma amiga a um encontro com o ex-namorado e vi a feição de serenidade dele se transformar quando ele percebeu que, talvez por acaso, eu fosse muito mais que só o carona. E eu, que tenho a mania de analisar as pessoas, apostei com ela que ele ligaria no outro dia, exatamente como aconteceu.
Porque, no fim, todo mundo é ciumento. E não só lá: no começo e no meio também.
Eu mesmo tava pensando, há pouco, se alguém já tinha beijando aquela boca suave depois de mim.

Se você não encontrar a sua metade da laranja, não desanime. Procure sua metade do limão, adicione açúcar, pinga e gelo, e...


Exibir outros POSTs com o tema de: opinião


 




 
Marcelo Martins de Albuquerque - ©1997-2014 Todos os direitos Reservados