Cuidado com as dicas e conselhos de quem nunca conquistou nada na vida
     



POSTs mais antigos:

Novembro de 2019
Outubro de 2019
Agosto de 2019
Junho de 2019
Abril de 2019
Março de 2019
Janeiro de 2019
Dezembro de 2018
Novembro de 2018
Outubro de 2018
Setembro de 2018
Agosto de 2018
Julho de 2018
Junho de 2018
Maio de 2018
Abril de 2018
Março de 2018
Fevereiro de 2018
Janeiro de 2018
Dezembro de 2017
Novembro de 2017
Outubro de 2017
Setembro de 2017
Agosto de 2017
Julho de 2017
Junho de 2017
Maio de 2017
Abril de 2017
Março de 2017
Fevereiro de 2017
Dezembro de 2016
Novembro de 2016
Outubro de 2016
Setembro de 2016
Agosto de 2016
Julho de 2016
Junho de 2016
Maio de 2016
Abril de 2016
Março de 2016
Fevereiro de 2016
Janeiro de 2016
Dezembro de 2015
Novembro de 2015
Outubro de 2015
Setembro de 2015
Agosto de 2015
Julho de 2015
Junho de 2015
Maio de 2015
Abril de 2015
Março de 2015
Fevereiro de 2015
Janeiro de 2015
Dezembro de 2014
Novembro de 2014
Outubro de 2014
Setembro de 2014
Agosto de 2014
Julho de 2014
Junho de 2014
Maio de 2014
Abril de 2014
Março de 2014
Fevereiro de 2014
Janeiro de 2014
Dezembro de 2013
Novembro de 2013
Outubro de 2013
Setembro de 2013
Agosto de 2013
Julho de 2013
Junho de 2013
Maio de 2013
Abril de 2013
Março de 2013
Fevereiro de 2013
Janeiro de 2013
Dezembro de 2012
Novembro de 2012
Outubro de 2012
Setembro de 2012
Agosto de 2012
Julho de 2012
Junho de 2012
Maio de 2012
Março de 2012
Janeiro de 2012
Dezembro de 2011
Novembro de 2011
Outubro de 2011
Setembro de 2011
Agosto de 2011
Junho de 2011
Maio de 2011
Fevereiro de 2011
Agosto de 2009
Julho de 2009
Junho de 2009
Maio de 2009
Abril de 2009
Fevereiro de 2009
Janeiro de 2009
Setembro de 2008
Julho de 2007
Junho de 2007
Maio de 2007
Abril de 2007
Março de 2007
Fevereiro de 2007
Janeiro de 2007
Dezembro de 2006
Novembro de 2006
Outubro de 2006
Setembro de 2006
Agosto de 2006
Julho de 2006



31 de Dezembro de 2006

31 de dezembro sempre é um dia especial. Na verdade, o dia 31 parece ser um ano inteiro.
É nesse dia mágico que me passa pela cabeça tudo que aconteceu nos outros 365 dias. Se foram ruins ou bons, é nesse dia que posso avaliar.
Em casa sempre foi dia de festa. Não só pelo aniversário da caçula, mas também pelo dia que representa. O 31 é o renovar da esperança, o renascer dos sonhos, o balanço de tudo. Das promessas de melhora, da limpeza do espírito.
Há dois anos, lembro que sentei na escada do campo e escrevi, assim mesmo, com papel e caneta, 10 metas para o novo 2005. E olha, foi quase impossível.
No ano passado, entre uma lágrima e outra (a única vez que chorei neste dia festivo) prometi que 2006 seria apenas o ano a cumprir o que não consegui do ano anterior, ou seja, sem novas promessas. Apenas a mesma lista.
Com todas as metas cumpridas (foram necessários 2 anos!), 2007, que dizem que é o ano de arrumação (o próximo só daqui 15 anos), é hora de fazer novos planos. Mas, embora a vontade seja de prometer mundos e fundos, a verdade foi uma só: Que 2007 seja um ano de paz e saúde, porque o resto nós vamos correr atrás.
FELIZ 2007 PRA TODOS!!! BEIJOS e ABRAÇOS...

Aniversário de Pat bola... Parabéns!!!





Exibir todos os POSTs de Dezembro de 2006

 




 
Marcelo Martins de Albuquerque - ©1997-2019 Todos os direitos Reservados